Futebol

O futebol, é um desporto jogado entre duas equipas com 11 jogadores cada uma e um árbitro que se ocupa da correta aplicação das normas. É considerado o desporto mais popular do mundo, com cerca de 270 milhões de pessoas a participar nas suas várias competições. É jogado num campo retangular, com uma baliza em cada um dos lados. O objetivo do jogo é deslocar uma bola através do campo para colocá-la dentro da baliza adversária, ação que se denomina golo. A equipa que marca mais golos no fim da partida é a vencedora.

Futebol em Ponte de Lima

Como é sabido e Ponte de Lima não foge à regra, o futebol é, sem dúvida, o desporto mais conhecido e praticado, não só pelas ruas por diversão, como também a nível de formação e profissional.

Existem várias equipas espalhadas pelo concelho, mas a mais conceituada é o Limianos, e como não poderia deixar de ser fomos conhecer de uma maneira mais aprofundada a história deste clube.

O Limianos

A Associação Desportiva Limianos é um clube fundado a 5 de Janeiro de 1953, é considerado um dos maiores do distrito de Viana do Castelo, com prestígio no panorama nacional, cujo momento de maior brilho foi a conquista do título nacional da III divisão na época 1993/94, pela mão do técnico Rogério. Com várias presenças nos Nacionais da III Divisão e antiga II Divisão B (onde conseguiu dois brilhantes 5.º e um 6.º lugar), o Limianos disputa, actualmente, a Série A do Campeonato Nacional de Seniores (após a extinção das antigas II e III Divisões). Ao longo de mais de meio século de história, a formação limiana conquistou vários títulos distritais, 6 na sua história: 85/86, 91/92, 98/99, 05/06, 07/08 e 17/18), além de 2 Taças AF Viana (07/08 e 17/18) e 1 Supertaça (17/18), a juntar ao já referenciado título nacional (quando se disputava em várias fases, hoje já abolido). Nas épocas de 2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011, a formação de Ponte de Lima conseguiu atingir a fase de subida à II Divisão Nacional, terminando, nas duas vezes, no sexto lugar da Série A, sendo que na temporada 2010/11 alcançou o regresso 15 anos depois ao escalão secundário, no qual havia estado pela última vez em 1995/1996. Na mesma época (2010/2011), o conjunto de Ponte de Lima defrontou, pela primeira vez, um “grande” do futebol português: o FC Porto. No Estádio do Dragão, o Limianos bateu-se com galhardia, saindo derrotado por 4-1, mas amplamente elogiado por imprensa e responsáveis “azuis e brancos”, pela forma como se apresentaram em pleno domínio portista. Em 2011/2012, o Limianos atinge a sua melhor classificação de sempre num campeonato nacional, ao terminar no 5.º lugar na Zona Norte da II Divisão Nacional, melhorando o 6.º lugar alcançado em 1994/1995. Na época 2012/2013, volta a repetir a façanha e conquista outro meritório 5.º lugar, melhorando ainda o número de pontos. Com vários escalões de formação, o clube da vila mais antiga de Portugal tem como função formar futebolistas de onde todos os anos saem jogadores para equipa principal (sénior) e para clubes de outra dimensão.

Estivemos à conversa com um atleta do Limianos que nos falou um pouco da sua opinião à cerca do futebol em Ponte de Lima e do seu percurso.

-Olá, antes de mais nada obrigada por aceitares o convite e te disponibilizares prontamente para a entrevista.

-Olá, obrigada eu pelo convite.

-Como surgiu o gosto pelo futebol?

-Desde pequeno, não tirava a bola dos pés.

-O que achas do nível de futebol apresentado pelas equipas do concelho?

-Não muito bom.

-Como sabemos, desde que jogas futebol pertences ao clube com mais reconhecimento do concelho de Ponte de Lima, o “Limianos”, isso influenciou a tua escolha ou existe alguma outra razão que te levou a optar pelo clube?

-O facto de ser a melhor formação do concelho.

-Certamente pensas no futuro. Achas que em Ponte de Lima, hoje em dia, praticar esta modalidade pode “abrir portas” e dar oportunidade aos atletas de subirem para outros patamares?

-Sem dúvida, o Limianos é um clube que sempre luta para ganhar e que anda muitas das vezes nas nacionais seja na formação, mas principalmente nos seniores. Isto abrirá portas no Campeonato de Portugal, no Campeonato das Oportunidades, por isso sim vejo que seja um bom indicador de “abrir portas” para o futuro…

-Há alguma coisa que consideres que deveria ser alterada ou melhorada no futebol do nosso concelho?

-Sim, a forma de jogar das equipas, tornaria a federação de Viana muito mais forte, mais competitiva e vista com outros olhos nas competições nacionais.

-A rivalidade é tema bastante recorrente quando se fala de futebol…Qual é a tua opinião sobre a rivalidade de clubes do nosso conselho?

-Acho as rivalidades bastante saudáveis e dão outra cor ao jogo, aliás os concelhos maioritariamente vivem dessas rivalidades e acho isso muito bom para o futebol, tal como existe ao mais alto nível de Portugal.

-Para terminar, o que dirias às crianças e jovens que querem experimentar ou estão a dar os primeiros passos, segundo a tua experiência?

-Para aproveitarem e disfrutarem, futebol sem dúvida é outra coisa, liberta-nos de tudo e faz bem a tudo, que nunca desistam se querem ser jogadores e que lutem muito por aquilo que querem. Essencialmente que sejam felizes a fazer o que mais gostam.

-Tenho a certeza que o vão fazer, obrigada.

-Obrigada.